UNIDAS PELO FIM DO ASSÉDIO NAS ESCOLAS

By | 25.8.18 Leave a Comment




CARTA DE APOIO DA AERJ, FENET, E MOVIMENTO DE MULHERES OLGA BENÁRIO

Recentemente explodiram séries de denuncias contra abuso de professores às alunas. Começou com a hashtag #AssédioÉHábito das alunas da rede de escolas e cursos privada PENSI e isso criou uma indignação entre alunas de diversas escolas.

Infelizmente casos como esse não começaram agora. Casos de violência contra mulher e pedofilia acontecem há muito tempo, pois fazem parte do machismo estrutural da nossa sociedade e da famosa cultura do estupro que nos fazem normalizar certas situações que passamos no nosso dia-a-dia.


A verdade é que se nos sentimos desconfortáveis é assédio, não uma "mera paquera" como querem nos fazer acreditar. Fazer denuncias podem se tornar desconfortáveis e complicadas por sermos menores de idade. A escola particular persegue e não quer fazer disso um assunto em discussão por não quererem ter a imagem manchada. Nas escolas estaduais deve ser aberta uma sindicância contra o professor na SEEDUC e nas federais processos administrativos. Mas assédio é crime! Todos esses assediadores podem ser denunciados e arcarem com processos criminais em suas costas!




Por isso a importância da nossa união em torno dessa pauta. Precisamos mobilizar todas as estudantes, pais e mães com a nossa luta para que as escolas e toda a nossa sociedade sejam ambientes acolhedores para as mulheres. Querem nos calar com projetos como Escola sem Partido e denuncias contra a discussão de gênero e sexualidade nas escolas. Não podemos desistir e por isso é fundamental que nos organizemos!





Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

0 comentários: