Pelo Calabouço, pelos estudantes, nada nos calará!

By | 07:51:00 Leave a Comment
⁠⁠⁠

Hoje, dia 28 de março de 2016 faz 48 anos da morte do estudante secundarista brasileiro, Edson Luís de Lima Souto, assassinado brutalmente pela ditadura militar em 1968. Ele foi morto por policiais militares enquanto organizava uma passeata-relâmpago contra a alta do preço da comida do restaurante Calabouço, no centro do Rio de Janeiro. Sua morte gerou grandes mobilizações contra o regime militar.



Edson Luís, nasceu em Belém, no Pará. E se mudou para o Rio de Janeiro para concluir seu segundo grau, mais conhecido hoje como ensino médio no Instituto Cooperativo de Ensino, que funcionava no restaurante Calabouço. 


Mesmo após sua morte, Edson Luís, um guerreiro do movimento estudantil, vive em cada um(a) de nós. Ele está presente em cada estudante secundarista. E é por isso que hoje, após 48 anos de sua morte, a AERJ - Associação dos Estudantes Secundaristas do Rio de Janeiro presta homenagem à Edson Luís, e todos(a) seus(suas) camaradas que lutaram contra o fechamento do restaurante Calabouço, por um educação pública de qualidade e principalmente pelo fim do regime militar no Brasil.
Edson Luís, presente! Hoje e sempre!




Caroline Reis,
Militante da AERJ em Duque de Caxias

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

0 comentários: