Estudantes de Cabo Frio vão às ruas contra o corte de verbas!

By | 12:41:00 Leave a Comment
               Uma atividade organizada pelos grêmios Politécnico do IPUFRJ - Cabo Frio e Síntese do IFF - Cabo Frio, além da AERJ e da FENET (Federação Nacional dos Estudantes de Escolas Técnicas) teve início às 09h do dia 21 de agosto com um debate sobre o corte de verbas e os impactos que esse corte terá a nível municipal, estadual e nacional. A mesa do debate contava com a presença de Marcelo Uchoa - Presidente do Grêmio Síntese e militante da FENET, Ruan Vidal - Diretor de Políticas do Grêmio GELEL do Rui Barbosa e diretor de movimentos sociais da AERJ, Caio Sad - Presidente do Grêmio Estudantil Politécnico e Rafaela Corrêa - Diretora de Políticas Sociais do Grêmio Síntese e Secretária Geral da AERJ. Foi um debate essencial para que os estudantes que ali estavam pudessem entender a importância de ir às ruas contra esse corte e pra criar em cada um dos estudantes ânimo pra lutar contra esse ataque. 

              Ao fim do debate os estudantes saíram para um ato que percorreu 5km do IPUFRJ até a Praça Porto Rocha no centro de Cabo Frio. Durante a travessia uma das principais pontes da cidade foi fechada para que o ato pudesse passar. Por onde passávamos contavamos com olhares de apoio, de gente que de alguma maneira, agora sabe que a educação está sofrendo um ataque e que isso precisa ser mudado. 

              O ato foi vitorioso. Não vitorioso no sentido de barrarmos o corte de verbas. Os ricos e poderosos ainda não recuaram, até porque somos "apenas" estudantes de uma cidade da região dos lagos. Mas fomos vitoriosos na medida que conseguimos informar o povo do que está acontecendo e nos fazer ouvir. Fomos vitoriosos na medida que todos os estudantes ali presentes estão animados para ir a luta enquanto for necessário para barrar esse corte de verbas e para dar uma resposta aos que hoje nos apontam a tesoura. A nossa vitória foi fazer mais gente ver a importância de se lutar. Conquistar a consciência do povo é uma das maiores vitórias de um estudante, de um revolucionário. 

              Ao final do ato estávamos todos exaustos, principalmente a equipe de bateria do IPUFRJ que tocou com força durante todo o percurso. Mas estávamos com a sensação de dever cumprido, de estar do lado certo e de lutar pelo que é nosso por direito. 

              Olga disse "Lutei pelo bom, pelo justo e pelo melhor do mundo". E nós também lutamos. E isso foi só o começo. Lutaremos até a vitória. Lutaremos até que o Brasil seja do povo, e não dos ricos. Retroceder com o corte de verbas na saúde e na educação é só o começo, vocês nos devem cada centavo! A AERJ convoca todos os estudantes de Cabo Frio e de todo os outros municipios do Rio de Janeiro a irem às ruas contra o corte de verbas na educação! 

Rafaela Corrêa
Secretária Geral da AERJ
Diretora de Políticas Sociais do Grêmio Síntese 
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

0 comentários: