PLENÁRIA DA AERJ LOTA E ESTUDANTES DO RUI BARBOSA ORGANIZAM SUA LUTA EM 2015.

By | 13:23:00 Leave a Comment

  • A AERJ realizou no dia 05 de Março, no Colégio Municipal Rui Barbosa, Uma plenária de apresentação do movimento estudantil e do movimento de mulheres, além de organizar as futuras lutas dos estudantes frente à uma conjuntura tão complicada, onde os governos optaram em adotar as políticas de austeridade, cortando os investimentos em educação e privatizando o setor público.
    Com uma plenária lotada, com mais de 50 estudantes, A AERJ apresentou a sua história de luta, sobre as conquistas no Rui Barbosa, como o açaí gratuito pros estudantes, o passe livre nas férias e a permanência do colégio como municipal. A AERJ debateu ainda sobre as lutas pelo passe-livre e contra a restrição da meia-entrada, além das reivindicações do estudantes: Almoço e Jantar, Livros didáticos pra todo mundo e a Sala do Grêmio.
    O Movimento de Mulheres da Região dos Lagos, que ajuda a construir a AERJ, debateu sobre o caso da normalista carioca abusada dentro do ônibus nessa semana, apresentou o feminismo e convocou a plenária a soltar um canto bem alto: ''A nossa luta é todo o dia, contra o machismo, o racismo e a homofobia!''.
    Por fim, a AERJ lançou a campanha de carteirinhas na Região dos Lagos, deliberou os responsáveis do Rui pela formação de grêmios, pelo controle de emissão das carteirinhas e pela chamada da comissão pró-grêmio.
    O Grêmio Estudantil Livre Edson Luiz, do Colégio Municipal Rui Barbosa, é um grêmio histórico e há 28 anos faz parte da vanguarda das lutas dos estudantes, na luta pelo passe livre, meia-entrada e pelas pautas do colégio. É preciso eleger um grêmio popular, com a representação das minorias e extremamente combativo, como é a AERJ. Por isso, ao fim da plenária, os estudantes bradaram a palavra de ordem mais bonita do Estado: A AERJ SOMOS NÓS, NOSSA FORÇA E NOSSA VOZ!
    Ruan Vidal
    Diretor de Movimentos Sociais da AERJ




Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

0 comentários: