A LUTA CONTINUA PELA REDUÇÃO DA PASSAGEM E CONTRA A VIOLÊNCIA DO ESTADO

By | 09:05:00 Leave a Comment
Desde o inicio das manifestações contra o aumento da passagem, quatro atos e dois “Pula a catraca” foram realizados, de todos esses, apenas o ato do dia 6, ocorreu uma grande fatalidade. Infelizmente dois trabalhadores faleceram e não voltaram para sua casa após a manifestação. Isso só aconteceu porque a policia agiu de maneira violenta para acabar com o ato contra o aumento da passagem e cumprir o seu papel de defensor dos interesses do Estado.

Nas manifestações que não tiveram policia, não tiveram feridos e nem mortos. Aonde a policia responde com violência gera violência.

Nós nos somamos nas ruas à todos os lutadores na luta pelos nossos direitos e prestamos nossa solidariedade aos cinegrafistas, aos ambulantes, aos estudantes, aos jovens sonhadores e a todos os trabalhadores que foram gravemente feridos e mortos por este Estado opressor, que criminaliza e reprimi aqueles que tem belos sonhos.

A luta continua, não sairemos das ruas, queremos a revogação do aumento da passagem e um Estado aonde não seja crime lutar, onde as manifestações não se tornem uma guerra. Que alías, é o que sempre acontece nas favelas do subúrbio do Rio de Janeiro, a exemplo dos moradores do morro na praça seca e do morro de São João, que fizeram manifestação contra a morte de três jovens assassinados pela policia militar.

Hoje estaremos mais uma vez nas ruas na luta contra o aumento da passagem, pelo fim do domínio dos empresários no transporte público e contra essa política de reprimir os movimentos sócias.




Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

0 comentários: