Mais um ataque da Secretaria de Educação

By | 15:21:00 1 comment

Mais um ataque da Secretaria estadual de educação

               Durante o período de férias, a SEEDUC decidiu remanejar o quadro de mais de 5.000 funcionários concursados da rede estadual e trocá-los por profissionais de empresas privadas. A Maioria dos trabalhadores concursados mora perto de onde atuam, tendo maior relação com os estudantes que também moram perto e com a comunidade, por isso sabem a realidade de onde vivem. Acontece que agora, o governo quer obrigar esses funcionários (merendeiras, bibliotecários, porteiros…) que ganham 1 salário, muita das vezes, a abandonarem o local de trabalho e realoca-los em escolas muito distantes, substituindo-os por profissionais terceirizados, que ganharão até 3 vezes mais!
               É importante deixar claro que não são somente os funcionários concursados que estão sendo vítimas desse golpe, pois além de sofrerem uma REDUÇÃO SALARIAL porque não têm vale-transporte nem vale-alimentação, a educação como um todo está sendo prejudicada: O Governo Estadual trocará mais de 5.000 concursados por profissionais de empresas privadas, e quem são os donos dessas empresas são exatamente os amiguinhos do Sérgio Cabral. O DINHEIRO DA NOSSA EDUCAÇÃO ESTÁ SERVINDO PARA ENRIQUECER EMPRESÁRIOS!
               Amanhã dia 06/02, o Sindicato Estadual dos Profissionais de Educação do Rio de Janeiro – SEPE/RJ estará realizando um ato às 10h em frente à SEEDUC, em Santo Cristo.

Veja o modelo de texto que os funcionários vítimas desse ataque devem entregar junto ao seu requerimento nas metropolitanas: Modelo de Texto.

Marta Moraes, Coordenadora Geral do SEPE/RJ.
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

Um comentário:

  1. Quando fizeram o concurso estaca claro que poderiam trabalhar em qualquer unidade, ninguém nunca prometeu que trabalhariam nessa ou naquela.

    ResponderExcluir