Depoimento do Professor Mauro Célio

By | 20:16:00 Leave a Comment

Desde o dia 07 de Março de 2012, o professor de filosofia Mauro Célio do C.E. Leopoldina da Silveira, vem sofrendo com sua suspensão das atividades pedagógicas. Seu crime? lutar por melhorias na educação pública. Abaixo declaração do professor. 

"Eu, professor de filosofia Mauro Célio da Silva, fui suspenso com corte de s
alário pela Secretaria de Educação do Estado do Rio de Janeiro desde o dia 07 de março. Um Inquérito que já se configura mais uma das perseguições políticas do Governo Cabral.

O salário já foi normalizado, pois claramente se constituiu um abuso, no entanto me encontro ainda afastado. Ou seja, sou um professor que ganha para ficar em casa e que está afastado por ter lutado com outros professores, alunos, sindicato e movimento estudantil por melhorias da educação pública.
Sou trabalhador dedicado, isso o próprio Inquérito confirmou nos depoimentos. Os estudantes, professores e responsáveis cobraram do Governo esse absurdo, mas até agora nada. Não saiu o resultado ainda do inquérito."

ESCREVI O COMUNICADO ACIMA, POIS ESTAVA CHEGANDO O DIA 02 DE AGOSTO, DIA EM QUE RECEBEMOS NOSSO INJUSTO E DEFASADO SALÁRIO, E MUITOS ESTAVAM PREOCUPADOS COM MINHA SITUAÇÃO, NO ENTANTO, E LAMENTAVELMENTE, GOSTARIA DE RETIFICAR QUE AO CONTRARIO DO QUE AFIRMEI ONTEM, MEU SALÁRIO NÃO SE NORMALIZOU. HOJE, AO CHEGAR NO BANCO PARA PAGAR MINHAS CONTAS VERIFIQUEI QUE RECEBI APENAS R$ 153,00. REPITO, R$ 153,00. PROCURANDO SABER O QUE HAVIA ACONTECIDO, INFORMARAM-ME QUE ENQUANTO NÃO SAIR O RESULTADO DO INQUÉRITO, MEU SALÁRIO PERMANECERA CORTADO, E EU, PERMANECEREI SUSPENSO DE MINHAS ATIVIDADES COMO PROFESSOR. ISTO, BASEADO NUMA LEI DO ESTATUTO QUE TEM QUE SER REVISTA, POIS É DA ÉPOCA DA DITADURA MILITAR ( ARTIGO 59 , INCISO 3º DECRETO LEI Nº 220/75 DE 18 DE JULHO DE 1975). ALEGAÇÃO É QUE TENHO QUE FICAR AFASTADO DA ESCOLA PARA NÃO INTERFERIR NO ANDAMENTO DO PROCESSO, ENQUANTO ISSO, PERMANECE NA ESCOLA LEOPOLDINA DA SILVEIRA A DIREÇÃO QUE SUMIU COM DOCUMENTOS, QUE EMPREGA FILHO NA FIRMA CONTRATADA DENTRO DO COLÉGIO, QUE REDIGIU TEXTO ME INCRIMINANDO E AO SINDICATO, QUE IMPEDE O MOVIMENTO ESTUDANTIL DE ENTRAR NO COLÉGIO, QUE APÓS MINHA SAIDA TENTA INTIMIDAR ESTUDANTES QUE LUTARAM E LUTAM CONTRA MAIS ESTA INJUSTIÇA COMETIDA CONTRA A DEMOCRACIA E O DIREITO DE LUTAR POR MELHORIAS.
O QUE INCOMODA O GOVERNO CORRUPTO QUE TEMOS HOJE É ADMITIR QUE TAIS MANIFESTAÇÕES, FORAM REALIZADAS A PARTIR DA TOMADA DE CONSCIÊNCIA , NUM ATO PACIFICO, SEM INCIDENTES, ORGANIZADO POR ESTUDANTES E QUE TIVE E TEREI SEMPRE A HONRA DE PARTICIPAR. E AI SIM, VIVA PAULO FREIRE ! ISSO É CONSTRUÇÃO DE AUTONOMIA.

ACUSAM-ME DE TER IMPEDIDO UNS 500 ALUNOS DE ENTRAR NO COLÉGIO. ACUSAM-ME DE TER POSTO A VIDA DESSES ALUNOS EM RISCO, POIS REAFIRMO, NÃO IMPEDI NINGUÉM DE ENTRAR NO COLÉGIO. SÃO MESQUINHAS E ABSURDAS TAIS ACUSAÇÕES E JÁ FORAM CONSTATADAS E ESCLARECIDAS NOS DEPOIMENTOS. O QUE TRABALHO EM SALA DE AULA É FILOSOFIA DE MANEIRA SÉRIA E RESPONSÁVEL E QUE AFIRMA QUE EDUCAÇÃO É FUNDAMENTAL; QUE DESPERTA A REFLEXÃO; QUE NOS FAZ TOMAR CONSCIÊNCIA DE NOSSA EXISTÊNCIA. NÓS ESTUDÁVAMOS POLÍTICA, ÉTICA, LEIS, DIREITOS, E O DEVER? APRENDE-SE NO CAMINHAR, DANDO VALOR A SUAS CONQUISTAS, E OS ESTUDANTES, JUNTAMENTE COM PROFESSORES QUE PARTICIPARAM DE UMA REUNIÃO NA QUAL FOI COLOCADA A SITUAÇÃO DE CALAMIDADE QUE NOS ENCONTRAVAMOS( CALOR E SEM VENTILADORES , AMBIENTE ABAFADISSIMO, ALUNOS E PROFESSORES PASSANDO MAL), CONQUISTARAM NA LUTA A REFORMA DO COLÉGIO E DAÍ PASSARAM A PERCEBER O "CAO" QUE É O PLANO DE METAS E A AVALIÇÃO DO SAERJ. PROJETOS QUE CHEGAM DE CIMA PARA BAIXO, CONSTRUIDO APARTIR DE IDÉIAS JA FALIDAS NO EXTERIOR E ATÉ MESMO EM OUTRAS PARTES DO NOSSO PAÍS.
ALUNOS DO TERCEIRO ANO ME IMPRESSIONAVAM, POIS COMEÇARAM A PESQUISAR SOBRE E CHEGARAM A COBRAR DEBATES, MAS ISSO A DIREÇÃO E A METROPOLITANA NÃO PODERIA FAZER, POIS NÃO TEM AUTONOMIA PARA ISSO E MANTÉM EM SEUS QUADROS FIGURAS AGRESSIVAS, COMO UM COORDENADOR PEDÁGÓGICO DA METROIV DE NOME RICARDO MORAIS(ESTE SIM AGRESSIVO) QUE PATÉTICAMENTE ENTROU NO COLÉGIO NO DIA DO SAERJ E EMPURROU PROFESSORES E AMEAÇOU ESTUDANTES. UM OUTRO SUJEITO IRRESPONSÁVEL CHAMADO SAULO, QUE ARRUMOU UMA FACA E SAIU DE DENTRO DO COLÉGIO NOS AMEAÇANDO E DIZENDO QUE IRIA CORTAR NOSSA FAIXA COM DIZERES CONTRA A VIOLÊNCIA . O MESMO SAULO QUE PERGUNTA A MOVIMENTO ESTUDANTIL NUM TOM AMEAÇADOR SE ESTUDANTES SABEM MONTAR ARMA, AFIRMANDO EM SEGUIDA QUE ELE SABE. ELE ERA A FIGURA TERCEIRIZADA PAGA PELO GOVERNO PARA ORGANIZAR GREMIOS. LAMENTÁVEL.

PORTANTO, DEVEMOS AFIRMAR QUE TEMOS QUE ESTAR ATENTO. A JUSTIÇA TEM QUE SER FEITA E UMA EDUCAÇÃO PÚBLICA E DE QUALIDADE TEM QUE IMPERAR, NÃO HÁ MAIS ESPAÇO PARA A FALTA DE DIALOGO COM A COMUNIDADE ESCOLAR. SABEMOS O QUE PRECISAMOS. NÃO IRÃO NOS FAZER ACREDITAR QUE SOMOS SERES QUE NOS CURVAMOS A UM PROJETO EDUCACIONAL QUE NÃO ESTA ABERTO, QUE NÃO COMPREENDE PROFESSORES , ESTUDANTES, FUNCIONÁRIOS E COMUNIDADE COMO CONSTRUTORES DE SUA PRÓPRIA SOCIEDADE. NÃO IRÃO NOS FAZER ACREDITAR QUE SOMOS SERES QUE DEVEMOS NOS SUBMETERMOS A UM PROJETO “MENTIROCRATICO” QUE ESCANCARADAMENTE NOS COLOCA UNS CONTA OS OUTROS, QUANDO PRECISAMOS DE UMA EDUCAÇÃO QUE NOS UNA, QUE NOS COMPREENDA COMO SERES INTERLIGADOS E DIALÓGICOS.

PARA TERMINAR QUERO RATIFICAR MEU GRITO DE LIBERDADE REPLETO DE PAIXÃO PELA VIDA:

EIS MEU GRITO DE AMOR E PAIXÃO PELA VIDA:
QUERO TRABALHAR, POIS LUTAR POR DIREITOS E ESCOLA PÚBLICA DE QUALIDADE, APOIANDO ESTUDANTES NA LUTA POR DIGNIDADE É O DEVER DE TODO PROFESSOR.
NÃO É CRIME."
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

0 comentários: