AERJ REALIZA GRANDE PASSEATA EM DEFESA DO PASSE LIVRE EM DUQUE DE CAXIAS

By | 18:58:00 Leave a Comment
    
  A cada ano, os donos das empresas de ônibus promovem grandes aumentos na tarifa. O que pesa muito no bolso do estudante.  Apesar de ser um dos municípios mais ricos, com um PIB(Produto Interno Bruto) de 25,7 bilhões, os moradores de Duque de Caxias sofrem com uma das passagens mais caras! Devido a sede de lucro dos empresários, diversos governos se curvam diante da iniciativa privada e abrem mão do seu compromisso com o povo, como é o caso do município que sofre muito com a má distribuição de renda. 
     Umas das bandeiras históricas do movimento estudantil é o passe livre, e entendendo a importância da garantia desse direito para todos os estudantes, essa tem sido a principal luta da AERJ no estado do Rio de Janeiro. Segundo o governo do estado, os estudantes possuem passe-livre, pois possuem uma coleira eletrônica(Rio Card) que garante um número de passagens que mal dá para ir de casa para escola, muito menos garante cultura e lazer como deveria nos ser garantido.
  Sem incentivo a leitura, pesquisa, com a precariedade da rede pública de ensino; ausência de matérias e professores, quantidade insuficiente de passagens, etc, vemos a cada dia o "sonho " da universidade pública mais longe. Hoje, a maior parte dos jovens não tem acesso a educação, e os que tem sofrem com a ausência de uma política de assistência estudantil que garanta, alimentação, passagem e materiais. Essa falta de assistência que existe nas escolas, é uma das responsáveis pela evasão escolar. Diversos jovens abandonam o colégio por não conseguirem se manter na escola,pois além de ter um número de passagem limitado, ainda sofrem com a burocracia para retirada de um cartão.
  Cansados desse descompromisso com os estudantes, a AERJ, junto com a UEDC Rebele-se e com a FENET, fecharam a principal via de acesso a Duque de Caxias, para mostrar a população e ao governo que o movimento estudantil está mais vivo do que nunca. É importante lutarmos pelo passe-livre, pois só assim, teremos um acesso aos espaços  culturais, de estudo e lazer. Conseguimos marcar uma reunião na qual será discutido o projeto de lei da AERJ de passe livre irrestrito. A luta não acabou ! Precisamos da aprovação desse projeto, para isso, devemos organizar grêmios estudantis em cada colégio, para fortalecer o movimento estudantil dentro das escolas e ir as ruas até que aprovem o que já é nosso por direito.
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

0 comentários: