AERJ PRESENTE NA PASSEATA DOS SERVIDORES

By | 21:37:00 1 comment

 Na manhã de hoje, cerca de 3.000 servidores públicos e estudantes, fecharam a Avenida Rio Branco. Os servidores mais uma vez foram as ruas exigir a negociação com o governo e demonstrar que ao contrário do que falam alguns aliados do governo, a greve não acabou! Estudantes do IFRJ, Colégio Pedro II, Cefet e Fiocruz também marcaram presença, defendendo a greve estudantil e em apoio aos servidores que já se encontram há meses em greve.

  A cada semana mais categorias aderem a greve e a tornam ainda mais forte. Algumas categorias já somam 3 meses de paralisação total. E a única resposta que tem sido dada a esses trabalhadores é o gás de pimenta, resposta truculenta de uma polícia a serviço de um sistema quebrado e um governo decadente. Mesmo com toda violência, a quem só pede garantia de seus direitos; um plano de carreira, aumento salarial, condições de trabalho e respeito a educação pública. Os trabalhadores se mostram a cada dia mais firmes e convictos na vitória. 

  A Manchete de um jornal hoje falava da adesão de mais categorias a greve, e que isso está prejudicando a população. Deve ser denunciado o caráter desses jornais de colocar a população contra a luta dos trabalhadores. A imprensa que se dispõe a criticar o direito de greve, está a serviço dos empresários, dos bancos e da mesma política fascista que prendia e matava há 40 anos aqueles que lutavam por liberdade e democracia. 

  A AERJ marcou presença nessa passeata, denunciando as prioridades de investimento no nosso país, ao invés de se investir em educação, gasta-se bilhões com agiotas e banqueiros. A associação dos estudantes secundaristas do estado do Rio de janeiro, defende que a educação tem que ser pública e de qualidade, respeitando os funcionários públicos e os estudantes. 




Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

Um comentário:

  1. É muito bom ver que no Rio de Janeiro existe uma entidade de luta dos estudantes e que ela se insere nas lutas do trabalhador carioca e brasileiro. Infelizmente outras entidades estudantis cariocas preferem se atrelar ao governo federal e deixar os estudantes e os trabalhadores de lado.
    Viva a AERJ!

    ResponderExcluir