AERJ participa da mesa do lançamento da conferência de mulheres das Américas

By | 11:44:00 Leave a Comment
Na noite da última quinta feira,3, ocorreu no Sindpetro-rio o lançamento da conferência de mulheres das Américas. A mesa foi composta por diversas mulheres que militam no campo estudantil, sindical e na luta pela moradia. O lançamento girou em torno do tema do papel da mulher na sociedade e das diversas formas que o sistema politico em que vivemos se utiliza para tornar ainda mais difícil a vida das mulheres.
Diversas denuncias foram feitas, entre elas, a falsa expectativa que foi muito utilizada, de uma nova perspectiva para mulher com a chegada de uma chefe de estado. Mesmo o governo brasileiro sendo dirigido por uma mulher, vimos nos últimos 2 anos poucas políticas públicas que beneficiassem a mulher, que diminuísse a violência doméstica , os assédios morais nos locais de trabalho, os abusos sexuais, e que garantisse o direito a creche para mulheres que tem filhos. E vimos que até hoje não se tem uma posição definida sobre o aborto no país, mesmo se tratando de uma questão de saúde pública, na qual dezenas de mulheres que dependem do SUS morrem todos os anos vítimas de complicações.
A atuação das mulheres tem aumentado nos mais diversos espaços. No entanto, isso ainda não representa o quantitativo de mulheres do nosso país que podem influir nas mais diversas áreas, entre elas a política. Ainda há de fato muito preconceito e discriminação, prova disso é o fato de muitas mulheres receberem 30% a menos que os homens em diversas empresas.
Entendemos que a luta que deve ser travada para avançar a consciência do povo e construir um modelo de sociedade mais justa é a de que a mulher deve se equiparar ao homem, nas tarefas de casa, nos salários, e na sua atuação como parte integrante da nossa sociedade e não como um elemento inferior, como muitas vezes é colocado pela mídia nas entrelinhas. Ou superior, como colocam alguns grupos feministas. 
O Movimento de mulheres Olga Benário convidou a todas e a todos a participar dessa conferência que ocorrerá em São Paulo, a AERJ entendendo o papel fundamental das mulheres, das jovens, para melhor organizar a construção de um movimento estudantil forte e combativo mandará sua representação para também estar colocando em pauta o que sofrem hoje no nosso estado as jovens.



Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

0 comentários: