FIFA QUER BOICOTAR NOSSA MEIA-ENTRADA!

By | 11:03:00 Leave a Comment
O governo está fazendo uma grande propaganda da Copa do Mundo no Brasil, todos os dias são notícias nos jornais, revistas, televisão e internet. Muito dinheiro público está sendo investido nesse evento, dinheiro esse que sai do bolso da população brasileira. O mesmo dinheiro que está sendo cortado da educação, como aconteceu no início do ano com o corte de 3 bilhões na verba da educação feito pelo Governo Federal.
Não somos contra a Copa do Mundo, o futebol é um esporte popular em nosso país e de fácil acesso para o povo, uma vez que só é necessário ter uma bola para jogar. Porém somos contra o desperdício de dinheiro público com obras desnecessárias que estão acontecendo, como por exemplo, a obra no Maracanã, que está sendo reformado pela segunda vez em menos de 10 anos, enquanto a UERJ está caindo aos pedaços. Os ingressos do mundial também não serão acessíveis a maioria da população do nosso país, poderão chegar a custar até R$ 1.500,00. A maioria dos brasileiros não ganhar esse valor em um mês inteiro de trabalho.
Para piorar a situação nossa meia-entrada está ameaçada. Nosso direito garantido por lei a mais de 20 anos pode não ser respeitado durante os eventos da Copa de 2014.  A FIFA não gosta dessa meia-entrada – confessou o secretário-geral da FIFA, Jérôme Valcke. O Governo brasileiro tem que ser mais firme na cobrança de respeito à soberania do nosso país. E os estudantes não podem ficar a margem dessa luta. A meia-entrada é um direito e nós vamos exigir que ele seja respeitado.
A AERJ estará à frente dessa luta, o Rio de Janeiro será sede de alguns jogos, incluindo a final do mundial. O Governo Estadual e a Prefeitura também estão investindo muito dinheiro nas obras para a Copa, enquanto diversas escolas não têm obras há anos, os professores recebem péssimos salários e o nosso passe está diminuindo cada vez mais. Nós temos que unir estudantes de todo o estado, junto com os grêmios e entidades municipais, não podemos ver nosso dinheiro ser desperdiçado e ainda por cima ter nossos direitos desrespeitados.
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

0 comentários: